Serviço Social e Movimentos Sociais: reflexões sobre experiências de extensão universitária

Autores

  • Katia Iris Marro Pólo Universitário de Rio das Ostras da Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2011v11n22p317-342

Resumo

Este artigo baseia-se numa pesquisa introdutória que se propôs mapear e conhecer algumas experiências de estágio e extensão de um conjunto representativo de Cursos de Serviço Social de Universidades Públicas do país realizadas junto a movimentos sociais na atualidade. A pergunta pela relação da profissão com os movimentos e organizações dos grupos subalternos surge no debate como um dos desdobramentos do processo de reconceituação latino-americano das décadas de ’60-’70, dando lugar no período subseqüente à criação de experiências de trabalho (inclusive universitárias) que incidem significativamente no redimensionamento crítico do perfil profissional dos assistentes sociais. Partindo da constatação de que avançada a década de ’90 esse debate aparece paulatinamente “adormecido”, num complexo cenário de regressão social – produto das contra-reformas neoliberais que se afirmam no país – que será paulatinamente contestado nos alvores do novo século pelo protagonismo dos movimentos sociais da região, nos perguntamos: que significado adquire hoje para o Serviço Social essa relação com os movimentos sociais na perspectiva da busca do seu redimensionamento crítico?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Katia Iris Marro, Pólo Universitário de Rio das Ostras da Universidade Federal Fluminense

Assistente Social. Professora Adjunta do Curso de Serviço Social do Pólo Universitário de Rio das Ostras da Universidade Federal Fluminense (PURO-UFF).

Referências

ABEPSS. A ABEPSS e o fortalecimento da pesquisa na Área de Serviço Social: a estratégia dos Grupos Temáticos de pesquisa (GTPs), novembro de 2009. Disponível em: www.abepss.org.br. Acesso em 08/04/2010.
ABREU, Marina Maciel. Serviço Social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional. São Paulo: Cortez, 2002.
ACOSTA, Luis & DAL MORO, Maristela. Serviço Social e Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST): uma experiência de estágio. São Luiz, Anais do XI ENPESS, 2008.
BICUDO, Valeria Rosa. Projeto de Extensão Observatório de Lutas Sociais: constituição de sujeitos coletivos e políticas públicas. PURO-UFF, Rio das Ostras, 2008.
__________. Relatório das ações de extensão do Projeto Observatório de Lutas Sociais: constituição de sujeitos coletivos e políticas públicas. PURO-UFF, Rio das Ostras, 2008.
BRAVO, Maria Inês Souza & MATOS, Maurílio Castro de. O potencial de contribuição do Serviço Social na assessoria aos movimentos sociais pelo direito à saúde. IN __________. Assessoria, Consultoria e Serviço Social. 2 edição. São Paulo: Cortes, 2010.
CARDOSO, Franci Gomes & LOPES, Josefa Batista. O trabalho do assistente social nas organizações da classe trabalhadora. IN CFESS-ABEPSS. Serviço Social: direitos e competências profissionais. Brasília: CFESS-ABEPSS, 2009.
__________ & MACIEL, Marina. Mobilização social e práticas educativas. In Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais. Brasília: CFESS-ABEPSS, 2009.
CRUZ, Suenya Santos da. Relatório final do projeto de extensão Curso de formação política para militantes da saúde pública, PURO-UFF, Rio das Ostras, 2008.
DAL MORO, Maristela & ACOSTA, Luis Eduardo. Projeto integrado de parceria em atividades de ensino, pesquisa e extensão com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), LOCUSS-UFRJ, Rio de Janeiro, junho de 2005.
DURIGUETTO, Maria Lúcia. A temática dos movimentos sociais e sua incorporação no Serviço Social. Rio de Janeiro, 1996. Dissertação de Mestrado. Programa de pós-graduação em Serviço Social, UFRJ.
GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere. Volume 3. Notas sobre o Estado e a Política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000a.
__________. Cadernos do Cárcere. Volume 5. Notas sobre a história da Itália. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000b.
FALEIROS, Vicente de Paula. Serviço Social nas instituições – hegemonia e prática. IN Serviço Social e Sociedade, São Paulo: Cortez, n 17, abril de 1985.
__________. Trabajo Social e Instituciones. Buenos Aires: Humanitas, 1992.
FARAGE, Eblin; CRUZ, Suenya Santos da; SOARES, Maria Raimunda Penha da; MARRO, Katia; DULCICH, Ramiro. Projeto de Extensão Assessoria em questões de cidadania a movimentos sociais e populares: parcerias inter-universidades para a gestação de processos de formação política e humana para militantes sociais, PURO-UFF, Rio das Ostras, 2010.
LIMA, Sandra Amêndola Barbosa et al. Movimentos Sociais Urbanos e Serviço Social. Serviço Social & Sociedade. São Paulo: Cortez, n 8, ano III, março de 1982.
MARRO, Katia. A rebelião dos que “sobram”: reflexões sobre a organização dos trabalhadores desempregados e os mecanismos sócio-assistenciais de contra-insurgência na Argentina contemporânea. Rio de Janeiro, 2009. Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Serviço Social, UFRJ.
__________. Serviço Social em movimento: experiências universitárias de trabalho e articulação com movimentos e organizações das classes subalternas na contemporaneidade. Relatório de Pesquisa, UFF-PURO, Rio das Ostras, 2011.
__________ & DULCICH, Ramiro. Serviço Social em movimento: experiências universitárias de trabalho e articulação com movimentos e organizações das classes subalternas na contemporaneidade. Projeto de Pesquisa, UFF-PURO, Rio das Ostras, 2009.
__________ & PESSOA, Natália da Silva. Uma análise introdutória da relação do Serviço Social com as organizações das classes subalternas. Brasília, Anais do XIII CBAS, agosto de 2010.
__________ & PESSOA, Natália da Silva; MACEDO, Pollyana; RODRIGUEZ, Henedina; FREDERICO, Eunice. A participação do Serviço Social em experiências de formação dos movimentos sociais das classes subalternas. Rio de Janeiro, Anais do XII ENPESS, dezembro de 2010.
MATOS, Maurílio Castro de. Assessoria e Consultoria: reflexões para o Serviço Social. IN BRAVO, Maria Inês Souza & MATOS, Maurílio Castro de (Orgs.). Assessoria, Consultoria e Serviço Social. 2 edição. São Paulo: Cortes, 2010.
MOISES, José Álvaro & SERRA, Rose Mary Sousa. Movimentos populares, alternativas de políticas sociais e a organização da categoria. IN O Serviço Social nas relações sociais: movimentos populares e alternativas de políticas sociais. V CBAS. São Paulo: Cortez – ANAS, 1987.
PIZETTA, Adelar. A formação política no MST: um processo em construção. In Revista OSAL, Buenos Aires: Clacso, Ano VIII, n 22, setembro de 2007.
RAICHELIS, Raquel & ROSA, Cleisa. Considerações a respeito da prática do Serviço Social em movimentos sociais – fragmentos de uma experiência. Serviço Social & Sociedade. São Paulo: Cortez, n 8, ano III, março de 1982.
__________. O Serviço Social e os movimentos sociais – análise de uma prática. Serviço Social & Sociedade. São Paulo: Cortez, n 19, ano VI, dezembro de 1985.
SILVA e SILVA, Maria Ozanira da (Coord.). O Serviço Social e o Popular: resgate teórico-metodológico do projeto profissional de ruptura. São Paulo: Cortez, 1995.
SILVA, Olinda Rodriguez da. Programa Universidade Popular em Direitos Humanos (PUPDH), UFPA, Belém, 2009.
SILVEIRA, Maria Lidia Souza da; GRANEMANN, Sara; MAIA, Selene Alves; MENEGAT, Marildo; LOBO, Roberta. Projeto Curso de Extensão Teorias Sociais e Produção de Conhecimento, CFCH/NEPP-DH/UFRJ, Rio de Janeiro, 2008.
TOFIK, D. S. et alii. O Serviço Social e os movimentos sociais – uma experiência de trabalho em loteamentos clandestinos. Serviço Social e Sociedade. São Paulo: Cortez, n 5, 1981.
V.v.A.a. O Serviço Social nas relações sociais: movimentos populares e alternativas de políticas sociais (V CBAS). 2º ed. São Paulo: Cortez/ANASS, 1989.
V.v.A.a. O Serviço Social: as respostas da categoria aos desafios conjunturais (VI CBAS/Congresso Chico Mendes). São Paulo: Cortez/ANASS, 1991.

Downloads

Publicado

2012-02-04

Edição

Seção

Artigos de Temas Livres