Contribuição da ABEPSS para o fortalecimento dos Programas de Pós-Graduação em Serviço Social no Brasil

Autores

  • Associação Brasileira de Ensino, Pesquisa e Serviço Social ABEPSS

DOI:

https://doi.org/10.22422/temporalis.2017v17n33p257-283

Resumo

A ABEPSS (gestões 2013-2014 e 2015-2016), por meio deste documento, apresenta subsídios/referências à Pós-Graduação em Serviço Social no Brasil, visando contribuir com o fortalecimento dos Programas dos cursos stricto sensu na área, e também da própria ABEPSS, como associação acadêmico-científica, tornando a Pós-Graduação mais orgânica nesta relação. Neste sentido, cumpre com as atribuições estatutárias que competem à Coordenação Nacional de Pós-Graduação, especialmente no que diz respeito à consolidação e qualificação do Serviço Social como área de conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL (ABEPSS). Revista Temporalis: Revista da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS), Ano 4, n. 7 (jan./jun. 2003) – Brasília: ABEPSS, 2003.

AMARAL, Angela S. do. A política nacional de pós-graduação e suas relações com o Serviço Social. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 15, n. 2, p. 230-238, jul./dez. 2012.
ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e negação do trabalho. São Paulo: Boitempo Editorial, 1999.
BOSCHETTI, Ivanete Salete. Proposta de Atuação e Plano de Atividades: Coordenação de Área de Serviço Social e Economia Doméstica – CAPES. Brasília: DF, 2014.
CAPES. Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG 2011-2020). Ministério da Educação/MEC e Coordenação de Pessoal de Nível Superior/CAPES: Brasília, 2011. 2 v.: I/ Il.
GUERRA, Yolanda. A Polêmica sobre o Mestrado Profissional e a área de Serviço Social: subsídios à reflexão. Rio de Janeiro, 2012. (Mimeo).
KOIKE, Maria Marieta. Formação profissional em Serviço Social: exigências atuais. In: Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Especialização CFESS, Brasília, 2008.
LEHER, Roberto. A (contra-) reforma universitária do governo lula e o fim das fronteiras entre o público e o privado (Prefácio). In: NEVES, Lúcia M. W. (org.). Reforma universitária do governo Lula: reflexões para o debate. São Paulo: Xamã, 2004, p.13-22.
LIMA, Kátia R. de S. Reforma da política educacional brasileira: a submissão do Governo Lula às políticas dos organismos internacionais do capital. In: PAULA, Maria de Fátima (org.). Debatendo a universidade: subsídios para a Reforma Universitária. Florianópolis: Insular, 2004, p. 25-42.
MÉSZÁROS, Istvan. Para além do capital: rumo a uma teoria da transição. São Paulo: Boitempo Editorial; Campinas-SP: Editora da Unicamp, 2002, p. 605-629.
NETTO, José Paulo. Transformações Societárias e Serviço Social: notas para uma análise prospectiva da profissão no Brasil. Serviço Social e Sociedade n. 50. São Paulo, Cortez, 1996.
¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬__________. Ditadura e Serviço Social: uma análise do Serviço Social no Brasil pós-64. São Paulo: Cortez, 2007.
SCHARTZMAN, Simon. Notas sobre a transição necessária à pós-graduação. Brasília, 2010. (Mimeo.)
YAZBEK, Maria Carmelita; MARTINELLI, Maria Lúcia e RAICHELLIS, Raquel. O Serviço Social brasileiro em movimento: fortalecendo a profissão em defesa dos direitos. In: Serviço Social e Sociedade n. 95. São Paulo: Cortez, 2008, p. 5-32.

Downloads

Publicado

2017-09-18