AVALIAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS DA ÁREA SERVIÇO SOCIAL: QUADRIÊNIO 2013-2016

Autores

  • Maria Lúcia Teixeira Garcia Universidade Federal do Espírito Santo
  • Vera Maria Ribeiro Nogueira Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade Católica de Pelotas
  • Hélder Boska de Moraes Sarmento Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22422/temporalis.2018v18n36p349-364

Resumo

Reflete sobre o processo de avaliação do Qualis da área de Serviço Social entre 2007 e 2016. Aborda aspectos que configuram o periódico como um veículo privilegiado de divulgação do conhecimento científico. Apresenta o sistema de avaliação de periódicos utilizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior e discute os critérios do Qualis utilizados entre 2007 e 2012, os resultados obtidos, as mudanças realizadas no quadriênio 2013-2016 e as principais alterações e o resultado alcançado nessa área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Lúcia Teixeira Garcia, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Espírito Santo (1982), graduação em História pela Universidade Federal do Espírito Santo (1989), mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1995) e doutorado em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (2001). Atualmente é professor associado II da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Política Social, atuando principalmente nos seguintes temas: política pública, política social, alcoolismo, politica social e dependência química.

Vera Maria Ribeiro Nogueira, Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade Católica de Pelotas

Professora da UFSC e da UCPel. Possui graduação em Serviço Social, mestrado em Serviço Social  e doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002). É professora do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina e  do Programa de Pós-graduação em Política Social e Direitos Humanos da Universidade Católica de Pelotas.

Hélder Boska de Moraes Sarmento, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor dos cursos de graduação e pós-graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

Referências

BARBALHO, Célia Regina Simonetti. Periódico científico: parâmetros para avaliação de qualidade. In: FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; TARGINO, Maria das Graças (Orgs). Preparação de revistas científicas: teoria e prática. São Paulo: Reichman& Autores Editores, 2005.

BIOJONE, Mariana Rocha. Forma e função dos periódicos científicos na comunicação da ciência. 2001.107f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação e Documentação)- Escola de Comunicação e Artes de São Paulo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/267936973_Forma_e_funcao_dos_periodicos_cientificos_na_comunicacao_da_ciencia Acesso em: 28 dez. 2017.

BOON, S. 21 st Century Science overload.The CSP blog, 7 Jan. 2016. Disponível em: <http://www.cdnsciencepub.com/blog/21st-century-science-overload.aspx>.Acesso em: 19 mar. 2018.

BORINI, Felipe Mendes; FERREIRA, Jackeline. Internacionalização de Periódicos Científicos Brasileiros: Estudo de Caso à luz da Teoria de Redes e da Teoria Institucional. Revista Ibero-Americana de Estratégia, v. 14, n. 4, p. 24, 2015. Disponível em: < http://www.revistaiberoamericana.org/ojs/i ndex.php/ibero/article/view/2252>. Acesso em: 17 maio 2017.

CASTIEL, Luis David; SANZ-VALERO, Javier.Entre fetichismo e sobrevivência: o artigo científico é uma mercadoria acadêmica?. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.23, n.12, p.3041-3050, dez. 2007. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007001200026>. Acesso em: 19 mar. 2018.

COSTA, A.J. B. Financiamento de periódicos nacionais: o estado da arte. Ponto de Acesso, Salvador, v.9, n.1,p. 2-20, abr. 2015.<www.pontodeacesso.ici.ufba.br>. Acesso em: 19 mar. 2018.

CUENCA, Angela Maria Belloni; NORONHA, Daisy Pires; UENO; Helena Mariko; KOBAYASHI, Keilla M. Periódicos brasileiros de saúde pública: a questão do financiamento. InCID, Ribeirão Preto, SP, v.2, n.2, p. 101-110, jul./dez. 2011.

DE MEIS, L.; LETA, J. O perfil da ciência brasileira. Rio de Janeiro: UFRJ, 1996.

FERREIRA, Ana Gabriela Clipes; CAREGNATO, Sônia Elisa. A editoração eletrônica de revistas científicas brasileiras: o uso de SEER/OJS. TransInformação, p. 171-180, maio/ago.2008.

FARADAY, F. James M. The Correspondence of Michael Faraday.The Royal Institution, London, UK, v. 4, p.1849-1855, p.942. 1999. Disponível: <http://www.rigb.org/our-history/michael-faraday/michael-faraday-correspondence/volume-four>. Acesso em: 20 mar. 2018.

FONSECA, Claudia. Avaliação dos programas de pós-graduação: do ponto de vista de um nativo. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v. 7, n. 16, p. 261-275, dez. 2001.<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0104-718320010002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 21 mar. 2018.

FREITAS, M.H. Considerações acerca dos primeiros periódicos científicos brasileiros. Ciência daInformação, Brasília, v. 35, n. 3, p. 54-66, set./dez. 2006.

GIBBS, W. W. Lost science in the third world. Scientific American, p. 76-83, Aug. 1995.

HOBSBAWM, Eric. As origens da Revolução Industrial. São Paulo: Global Editora, 1979.

MARX, Karl. Para a Crítica da Economia Política: Introdução. Trad. José Arthur Giannotti e Edgar Malagodi. São Paulo:Abril Cultural,1985. p.101-125. (Coleção Os Pensadores).

NASSI-CALÒ, L. Estudo destaca os modelos de publicação em periódicos científicos do Brasil e Espanha. SciELO em Perspectiva, 2014. Disponívelem: <http://blog.scielo.org/blog/2014/04/25/estudo-destaca-os-modelos-de-publicacao-em-periodicos-cientificos-do-brasil-e-espanha/>.Acessoem: 2 jan. 2018.

NEVES, ABÍLIO BAETA. Depoimento Abílio Baeta Neves. INFOCAPES - Informativo da CAPES, Brasília, v.10, n. 4, p. 6-15, out./dez. 2002. Disponível: <https://www.capes.gov.br/images/stories/download/bolsas/Infocapes10_4_2002.pdf>. Acesso em: 12 jan. 2018.
NOGUEIRA, V.M. R.; SILVA, V. R. Ética em pesquisa, plataforma brasil e a produção de conhecimento em ciências humanas e sociais. Ser social (UNB), Brasília, v. 14, p. 190-209, 2012.

PACKER, Abel L. et al. (Org.). SciELO - 15 Anos de Acesso Aberto [livro eletrônico]: um estudo analítico sobre Acesso Aberto e comunicação científica. Paris: UNESCO, 2014.

TRZESNIAK, P. A concepção e a construção da revista científica. In: CURSO DE EDITORAÇÃO CIENTÍFICA, 10., 2001, Petrópolis. Petrópolis : ABEC, p. 17-23, 2001.

Downloads

Publicado

2019-01-03