Interfaces no trabalho dos catadores de materiais recicláveis: relações complexas com o Estado e o capital

Autores

  • Josimery Amaro de Melo Universidade federal da Paraíba
  • Jackson Vital Souto UFPE

DOI:

https://doi.org/10.22422/2238-1856.2011v11n21p49-70

Resumo

Este artigo trata do fenômeno da reciclagem central no debate socioambiental e acadêmico. O objeto principal diz respeito aos processos em que parte dos materiais recicláveis adquire importância para o Estado e para a indústria. Sob modalidades diversas a atividade da coleta/cata de materiais recicláveis tem em comum a disseminação de um discurso: gerar emprego com preservação do ambiente. A pesquisa (obedeceu aos princípios éticos que permeiam os estudos com humanos do Ministério da Saúde), da qual foi fruto este artigo, realizou-se junto a catadores de materiais recicláveis de duas associações da cidade de João Pessoa (PB), com os quais objetivamos analisar as relações de trabalho destes com o Capital e o Estado. Obtivemos neste estudo grandes descobertas das quais nossa teoria e método de base marxiana foi imprescindível. Preocupamo-nos neste artigo em repor o debate teórico considerando o mergulho necessário na realidade, que trataremos em outro momento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-02-25